a



» sexo
» beleza
» use e abuse
» gente
» esoterismo
» moda
» ela+ele
» comportamento
» saúde
» vida light
» gdes mulheres
» só deles
» profissões
» pé na tábua
» pratos & cia
» shenews
» ambientes
» baladas & etc
» rindo deles
» colunistas
» quadrinhos
» cartões virtuais
» concursos
» fórum virtual


 
 

 
 
»

Sabe como é que os participantes do programa No Limite vão acabar a disputa? Do jeito que todo mundo queria ficar, magros e bronzeados. Não é apenas um game, uma cópia do Survivors, a primeira investida na nova tendência dos peep shows, é o primeiro spa ao vivo da televisão brasileira.

Uma gordinha já foi expulsa. Chorou, mas ganhou um carrinho zero. Na hora da votação, o garotão sarado disse que não entende como uma garota da idade dela pode não cuidar do corpo. Mas tem muita gente que não entende como é que tanto garotão malhado nunca leu nada na vida além do rótulo do pote de aminoácidos. Enfim, cada um joga a vida fora do jeito que bem entende, contanto que não faça mal para os convivas.

Parece que já estou vendo, os spas que vão abrir com o mesmo princípio de No Limite: sol, céu, mar e 300 calorias por dia, uma espécie de bossa-nova diet. Mas a Globo acertou em cheio, porque é isso que todo mundo quer: aventura assistida, perda de peso, bronzeamento, fama e fortuna. Pimba, na mosca. Bingo. Esse sim vai ser o maior sucesso da temporada, bem diferente dos micos do século que a Rede Globo de alguma forma acolheu, a saber, as luvinhas sem dedos da Ana Maria Braga, que nem ela agüentou, e o relógio dos 500 anos projetado pelo Hans Donner.

O pico de 49 pontos de audiência no Ibope em São Paulo foi um alívio para a Rede Globo que nos últimos tempos, tem enfrentado derrotas humilhantes, como o Faustão perdendo para o Gugu, Luciano Huck perdendo para Raul Gil e Ana Maria Braga perdendo para o Chaves. Sem falar do pior programa dos últimos tempos, Garotas do Programa, que teve o melhor elenco do país e o pior texto do planeta.

A televisão tem sim, essa capacidade de mobilização, de ditar moda, mas tudo tem um limite. Pra mim, o fato das mulheres não terem copiado as luvinhas bregas da Ana Maria, significa que ainda temos um pingo de bom senso, no formato coletivo. E, como diz uma amiga minha, a coisa está melhorando, porque antes, as mulheres só investiam em exercícios para a bunda, depois, gastaram todo o dinheiro em silicone para os seios, ou seja, a coisa tá subindo...quem sabe um dia chegue até a cabeça!!!

É a cabeça que todos vão ter que usar para garantir a sobrevivência no programa No Limite, além do esforço físico óbvio. E justamente agora que todos falam tanto em Internet e tecnologia wap, o país para e assiste um grupo vivendo como náufragos sem ter ao menos um canivetinho suiço.

Não sei quais os critérios de seleção dos participantes, mas certamente devem ter sido escolhidos para representarem boa parte do povo brasileiro, homens, mulheres, homossexuais, casados, solteiros, atletas e sedentários. Eu só acho estranha uma coisa: nenhum deles deve ter vícios. Ninguém fuma, ninguém joga, ninguém bebe. E mais, ninguém transa. Ou pelo menos, não se importa muito com isso, já que vão abrir mão de uma vida sexual normal durante várias semanas. A menos, é claro, que pinte algum romance entre alguns deles...Nesse caso, realmente, os câmeras é que vão ter que mostrar tudo, no limite...









índice | home
..